Gotinhas no oceano

pessoando entre milhões de seres humanos

Conheça a gota

Olá, pessoa linda! Bem vinda ao espaço que criei para, inicialmente, participar do beda (blog everyday of april). O plano é publicar uma vez por dia durante o mês de abril, não necessariamente texto, e sem diretriz específica. O que der na telha, sabe? Tudo, claro, de acordo com o que eu penso do mundo. Um gostinho: feminismo deve aparecer bastante por aqui. Assim, desde que entrei na faculdade de jornalismo, em 2011, sinto o dever de ter um blog. A vontade surgiu antes, quando minha mãe começou a me deixar usar a internet por mais tempo e eu fui descobrindo fotolog, blogs de poesia e diários virtuais. Até criei um pra postar as redações que fazia pro colégio, e ocasionalmente uma produção-criativa-espontânea, como esse poeminha sobre – olha só! – chuva, garoa, e gotas. O problema é que as produções-criativas-espontâneas eram esporádicas demais para sustentar um Blog Decente. Como eu tentava manter um diário desde os nove anos e tudo que havia conseguido até então era um ciclo infalível de: umas semana redondinha, com entradas diárias; depois, uns dez relatos espalhados pelo mês; então um a cada três meses… até que eu desistia daquele caderninho e ia para a papelaria comprar outro, convicta de que o problema era do diário, e não da minha (falta de) disciplina. Confesso que ainda duvido das minha capacidade de manter o ritmo diário do beda. O que mudou nesse 2015 é que perdi o medo e resolvi tentar. Afinal, tenho literalmente nada a perder com isso. Então, my dear, te convido para embarcar nessa comigo. Duas perguntas que você deve estar se fazendo (e se não estava antes vai fazer agora) são: Por que “um pingo, uma gota”? Esse nome veio de uma brisa recorrente que tenho de comprar pessoas com gotas de água, tanto pela escala homem-gota > oceano-universo, quanto pela propriedade físico-química que forma uma gota – a vontade das moléculas de água de ficarem juntinhas. Eu gosto de pensar que nós somos parte de um total muito maior, tão grande que é impossível quantificá-lo enquanto dentro dele. E acredito sinceramente no poder da união. Quem é essa gota então? É a Marina morena você se pintou Vieira Souza, nascida num junho frio de Atibaia-SP, em 1993. Assumindo a personalidade geminiana, mudei muito de opiniões e filosofias de vida. Fui criada no budismo nitirem, passei a adolescência numa igreja evangélica, e flertei com umbanda, ateísmo, bruxaria e tudo que me parecia interessante. Mudei também de cidade, de Atibaia pra Bauru, de Bauru pra Atibaia e de Atibaia pra São Paulo, e muito, muito, de casa. Toda vez que paro pra contar dou num número diferente, mas por volta de 20. Filha única, de pais separados, tenho uma poodle e duas gatas. Minha vida inteira me identifiquei com a Corvinal, mas fiz no teste do Pottermore deu Lufa-Lufa então não sei? Me sinto meio que um, meio que outro, depende do humor. O mesmo se aplica pra orientação sexual. Sou maratonistas de séries, já completei circuitos como Lost, Breaking Bad, Sherlock, Fringe, Avatar (The Last Airbender e Legend of Korra), The L Word e tá bom já né, senão vocês vão achar que eu não tenho vida. Sou vegetariana natureba que ama couve e falafel. Se tudo der certo me formo esse ano na USP! E as outras facetas você vai descobrindo nos próximos posts…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às abril 1, 2015 por em DaMarina e marcado , , , .

Navegação

PODE GRITAR

A Literatura dá voz às vítimas de abuso sexual.

{café e rivotril}

quando as confissões se libertam

coisas desiguais.

on the road, coisas desiguais

Eu, tu, elas

Feminismo na prática

Crias da Terra

Magia natural, tarot e amor

%d blogueiros gostam disto: